terça-feira, 10 de agosto de 2010

Monotrilho de Manaus tem licitação adiada pela terceira vez


Licitação do monotrilho deve ser retomada na próxima quarta (11) (crédito: Seplan/Divulgação)
Tamanho da letra
 
Jackeline Farah - Manaus -Portal 2014
postado em 10/08/2010 11:19 h
atualizado em 10/08/2010 12:22 h
O processo licitatório do mais importante projeto de mobilidade urbana de Manaus para Copa de 2014, o monotrilho, foi adiado ontem (9) pela terceira vez. Desta vez os motivos foram os inúmeros questionamentos feitos pelas 46 empresas inscritas no processo licitatório, cuja abertura de propostas de preço foi remarcada para a próxima quarta-feira (11), às 10h.

De acordo com o presidente da Comissão Geral de Licitação, Epitácio Neto, é direito das empresas concorrentes levantarem questionamentos e dever do órgão responder a essas perguntas.

“Recebemos as respostas da Seplan (Secretaria de Planejamento do Amazonas) na sexta-feira, e, devido ao número de empresas, não foi possível responder a todas antes da licitação. Por isso adiamos, para que todas as concorrentes estejam cientes das respostas”, disse Neto.

Para o presidente, a possibilidade de um novo adiamento está descartada. “Estamos com tudo pronto, todo o processo foi alinhado, por questões administrativas essa possibilidade está descartada”, afirmou.

A comissão pretende ter um resultado do processo licitatório até a próxima sexta-feira. Para isso, foi montada uma equipe com três engenheiros e dois advogados.

O monotrilho está orçado em R$ 1,3 bilhão. O governo busca financiamento de R$ 600 milhões da Caixa Econômica Federal, mas o banco negou o empréstimo na última quarta-feira (4) seguindo recomendação dos Ministérios Públicos estadual e federal (leia mais).

Nenhum comentário:

Postar um comentário