sábado, 29 de setembro de 2012

Morros da Tijuca podem ganhar monotrilho

11/11/2010
- O Globo

Foto: Divulgação

RIO - A Tijuca
poderá ganhar um Veículo Leve sobre Trilhos (VLT) ligando a Praça Saens Peña aos morros do Salgueiro, da Formiga e do Borel, até a Praça Afonso Viseu, na Usina. O projeto - uma espécie de monotrilho, que deverá percorrer as encostas dos morros, num trajeto total de seis quilômetros - é um dos que estão sendo desenvolvidos pela Secretaria estadual de Obras em nove favelas, para serem incluídos na segunda etapa do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC).

As obras devem começar em 2011. Além da construção de estações, técnicos estudam a instalação de elevadores que farão a interligação até o alto de cada um dos morros. Ainda não está decidido se a viagem no VLT será cobrada.

- A função principal é transportar os moradores desses locais. Mas há um segundo benefício para a cidade: os trilhos funcionariam como um ecolimite, uma vez que pretendemos desocupar a encosta e reduzir riscos de deslizamento - explicou o secretário Hudson Braga.

Na Rocinha, um teleférico ligado ao metrô

O governo do estado anunciou também a intenção de fazer outras intervenções em comunidades já beneficiadas pela primeira fase do PAC, como Rocinha, Alemão e Manguinhos. Além das comunidades da Tijuca, o PAC 2 deve beneficiar os moradores dos complexos da Penha e do Lins e das comunidades de Mangueira, Cidade de Deus, Batam, Juramento, Rio das Pedras e Kelsons, além do entorno do Mercado São Sebastião, na Penha.

A Rocinha, por exemplo, deve ganhar um teleférico. Segundo o presidente da Empresa de Obras Públicas do estado (Emop), Ícaro Moreno, o sistema de teleférico da Rocinha deve ter 2.500 metros de extensão e ser integrado à futura Linha 4 do metrô (Barra-Zona Sul), cujo trajeto ainda está em estudo.


Enviado via iPhone

Nenhum comentário:

Postar um comentário